DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Avaliação de riscos faz parte da rotina do administrador

SÃO PAULO - Os administradores podem conquistar oportunidades em instituições financeiras e até em mercados de risco. Formada em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em junho deste ano, Patrícia Brenha Pinto, de 22 anos, já trabalha como analista em uma instituição financeira, onde é responsável pelos indicadores da área. “O que mais faço no meu dia a dia é avaliar o custo de oportunidade nas tomadas de decisões. Pensar não apenas em curto prazo, mas, sim, em longo prazo e nas consequências disso para o negócio.”

Tatiana Cavalcanti, Especial para o Estado

08 Setembro 2015 | 03h00

Patrícia conta que começou a trabalhar como estagiária na área Logística e Financeira de uma empresa pequena e, posteriormente, passou para uma instituição financeira de grande porte na área de Políticas de Crédito e Cobrança.

“Após dez meses, tive a oportunidade, em parceria com a PUC, de fazer um semestre da minha graduação de Administração em uma faculdade parceira na França. Após o intercambio fui estagiária por seis meses em um empresa de linhas aéreas, atuando na área de Auditoria, quando surgiu a oportunidade de ser analista na mesma instituição financeira em que estagiei, onde atuo até hoje.”

Ao ingressar na faculdade, Patrícia conta que ainda não sabia que área gostaria de seguir. “O curso de Administração tem uma grade com matérias variadas, de Psicologia a Finanças”, conta. “A experiência universitária em si foi algo de que gostei bastante. Além disso, os professores traziam para a sala de aula a realidade de suas vidas, para exemplificar as explicações e nos mostrar as situações na prática. Isso foi algo que tornou o aprendizado mais claro e tangível.” 

Mais conteúdo sobre:
administração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.