Profissionais da Stance oferecem cursos de formação e palestras  em congressos nacionais e internacionais

Profissionais da Stance oferecem cursos de formação e palestras em congressos nacionais e internacionais

Stance

15 Setembro 2017 | 11h28

Ao longo do mês de setembro, profissionais da Stance Dual participaram de eventos acadêmicos nacionais e internacionais divulgando e discutindo as pesquisas e os projetos pedagógicos realizados na escola.

A Head Teacher Sarah Weiler apresentou o trabalho pioneiro “Play-Based Teaching-and-Learning Approaches and the Development of Freedom” no congresso da ISCAR (International Society for Cultural-historical Activity Research), em Quebec, no Canadá. A ISCAR é uma instituição que está na vanguarda das pesquisas em torno do pensamento de Vygotsky, na teoria e na prática.

Em sua comunicação, Sarah mostrou uma das atividades sociais desenvolvidas no curso de Science, no Ensino Fundamental 2, intitulada “Going to the Optometrist”. Nessa atividade, os alunos desempenham papéis de médicos e pacientes a fim de entrar em contato com conceitos científicos relacionados à visão. Assumir esses papéis faz com que tenham de negociar o significado de muitos conceitos ao longo do processo, o que os prepara para a tomada de decisões na vida real.

Nesse mesmo evento também foi apresentada a pesquisa da profa. Danielle Gazzotti, do Kinder 5 da Stance Dual, “Affectivity in the classroom: how teacher-learner emotional bond influences development.” O trabalho é parte do doutorado desenvolvido por Danielle, que busca investigar o desenvolvimento infantil e sua relação com as experiências emocionais vivenciadas em ambiente escolar. A apresentação foi feita por Marilene Proença, importante estudiosa de psicologia escolar e desenvolvimento humano, porque Danielle está num estágio avançado de gravidez e não pôde ir ao Canadá.

De outro lado, no 6º Seminário Internacional Esfera, em São José dos Campos, professoras da Stance Dual conduziram oficinas e workshops, além de apresentarem suas comunicações. O evento contou ainda com a presença de duas palestrantes internacionais, a Profa. Dra. Carol Ann Tomlinson, da área de Liderança educacional, fundamentos e políticas, da Universidade da Virgínia; e a Profa. Dra. Rhonda Bondie, da Faculdade de Educação de Harvard, membro do Project Zero Classroom, na mesma faculdade, desde 2006.

No seminário, a Orientadora Educacional do Ensino Fundamental 1, Luciana Lapa, ministrou o workshop “A convivência como proposta curricular através da Literatura”, no qual discutiu as diferenças entre fenômenos do dia a dia escolar, como a indisciplina, as incivilidades cotidianas, a agressividade entre as crianças e o bullying, bem com as intervenções cabíveis em cada um deles. Luciana abordou também o trabalho realizado na escola a partir da literatura infantil, que pode favorecer a construção de relações mais éticas e possibilitar às crianças encontrar espaços de participação democrática e aprendizagem de valores morais e estratégias para a resolução de conflitos.

Nesse mesmo evento, as professoras Maria Cristina Meaney e Feliciana do Amaral conduziram a oficina intitulada “Projeto de Pesquisa na Escola Bilíngue”, cujos objetivos principais eram expor os alicerces do trabalho com projetos de pesquisa na escola bilíngue e propor uma breve vivência do percurso didático desenvolvido com os alunos-pesquisadores na escola. Pautado numa perspectiva sócio-histórico-cultural de produção de conhecimento (Vygotsky, 2000), esse trabalho insere os estudantes na vida acadêmica e dá a eles a possibilidade de ressignificar seus conhecimentos e sua visão de mundo.

Os eventos foram oportunidades maravilhosas para conectar o trabalho original desenvolvido na escola ao contexto geral de estudos pedagógicos dentro da comunidade nacional e internacional de pesquisadores da educação. Que venham os próximos!