Tédio, preguiça e novelas

Estadão

21 Janeiro 2011 | 11h30

Ainda de férias e sem muita coisa para fazer além de contemplar o tempo. Não tenho feito muita coisa mesmo, e não é por falta de tempo. Tempo é o que mais tenho tido esses dias. É pura preguiça mesmo, aquela preguicinha de final de férias. Você pensa em mil e uma coisas para fazer, e, no final, acaba fazendo absolutamente nada. O máximo que fiz esses dias foi ter escrito alguma coisa, passado raiva com o site e com o Enem (também, quem não passa?) e assistido a alguma coisa na TV.

Passei uma boa temporada das férias com meus avós e acabei entrando um pouco no ritmo deles. Acho que estou assistindo a todos os jornais possíveis, além de ter até acompanhado a última semana da novela das 8 e o começo dessa coisa nova. Realmente, como podem fazer algo tão tosco? Pior que, de tão ridículo, te prende a atenção e você fica querendo saber a que ponto a coisa vai chegar. Tenho que me recuperar das novelas!

De resto, nada tem acontecido. Só daqui uns dias vou me mudar de casa. Nada demais.

Sabrina estudou na Escola Waldorf Micael e é caloura de Jornalismo na Unisa

Mais conteúdo sobre:

Rotinasabrina