Reflexões sobre o recesso

Estadão

07 Julho 2011 | 09h29

Neste final de semana inicia-se o período de recesso no cursinho. Quando comentei sobre isso no texto “Tropeços do Processo”, havia dito que seriam duas semanas. No entanto descobri que, na verdade, serão três. Confesso que me animei. Duas semanas estavam me parecendo pouco.

Nessas próximas três semanas, além de estudar as matérias que deixei passar e de descansar, darei também atenção à minha saúde (aliás, dar atenção á isso é algo fundamental!). Alguns professores indicam estudar, estudar e estudar neste período. Já outros dizem que o fundamental é descansar. Eu fico com o meio termo: revisar, para dar continuidade ao processo de estudo, e descansar, para poder iniciar o segundo semestre com mais disposição.

Volto a repetir que o próximo semestre é o mais importante. E por isso também o mais corrido. Na segunda parte do ano, há mais matérias para serem estudadas e menos tempo. Afinal os vestibulares se aproximam a cada dia. Talvez eu mude minha rotina no começo de agosto. Essa é a pretensão, mas mudar uma rotina não é tão fácil. Sei que é necessário disponibilizar mais tempo aos estudos.

Melhor dedicar mais tempo nestes próximos seis meses e conseguir uma vaga numa faculdade, do que ter que fazer mais um ano de cursinho. Aliás, nem sei se eu daria conta. Enfim, que venha o recesso. Para quem também estará de “férias”, bom descanso e bom estudo!

Luiza Nunes é aluna do Cursinho da Poli