Novos alunos na pós

Estadão

15 Fevereiro 2012 | 08h00

Para entrar na pós-graduação é necessário passar por um processo de seleção. Em alguns lugares, como aqui no IQ-USP, há uma prova. Em outros, o processo tem entrevistas e provas de conhecimento de inglês. Como a pós é um ambiente onde a maior parte dos ingressantes migra para laboratórios, acaba não existindo uma festa conjunta. O que já causa uma desagregação a partir do começo do curso.

Nós, da representação discente, vamos tentar fazer algo para mudar isso. Estamos anunciando os eventos para tentar aumentar a integração dos alunos. E vamos organizar um churrasco para que todos possam se encontrar fora do ambiente de trabalho. Estamos tentando criar um ambiente mais próximo daquele da graduação, e com isso aumentar a integração dos grupos.

Isso parece mais bobagem do que algo que realmente pode aumentar a produtividade e capacidade. Mas empresas que necessitam de criatividade e desenvolvimento fazem coisas parecidas. Facebook, Google e LinkedIn, entre outras, focam na integração e no relaxamento dos seus funcionários para que eles possam colocar o maior esforço e capacidade criativa quando necessário.

Espero que esse ano consigamos melhorar a integração e a situação dos alunos aqui da pós para a gente trabalhar e estudar melhor.


Bruno Queliconi é doutorando no Instituto de Química da USP