Disciplinas na Pós, elas ainda existem

Estadão

01 Junho 2011 | 08h05

A pós-graduação é um título e como tal exige que o candidato cumpra créditos em diversas disciplinas. Elas mudam de cara da graduação para a pós, mas continuam sendo exigidas. As disciplinas da pós, em geral tem uma menor carga horária, e muitas não têm as provas clássicas, mas elas condensam uma  quantidade maior de matéria. E as provas (muitas são projetos ou seminários) parecem inocentes mas exigem um trabalho muito maior do que a maior parte das provas decorebas da graduação.

Apesar da maior exigência nas disciplinas elas são, em geral, mais interessantes. São aprofundamentos em temas que são do seu interesse, muitas relacionadas intimamente com seu projeto (ver o meu post de 2 semanas atrás sobre o Nicholls), mas algumas são simplesmente obrigatórias e você deve fazê-las mesmo que não seja lá tão interessante.

E como todo bom aluno, ainda deixamos os trabalhos para serem feitos próximos da data limite, só que agora temos experimentos e outras obrigações mais para ocupar nossos dias. Parece pouca coisa, um projetinho, 10 páginas, você conhece o assunto. Agora adicione nas 10 páginas a profundidade exigida, a bibliográfica que você deve citar em cada afirmação para provar seu ponto e a necessidade de tirar um ótima nota (afinal a disciplina é sua especialidade) e temos um problema que demora vários dias para ser resolvido e que dará muito trabalho. Agora, vou escrever meu projeto, para que ele chegue ao fim antes que o prazo o faça!

Bruno Queliconi é doutorando no Instituto de Química da USP