Força total nos últimos instantes

Estadão

07 Dezembro 2010 | 08h00

Na hora em que saí da prova da Fuvest, naquele domingo, tinha certeza de que não tinha passado. Mas foi só conferir o gabarito e vi que a segunda fase estava garantida. Era o que faltava para dar aquela insipiração a mais para reforçar os estudos.

Sim, agora, em dezembro, época de festas (e de férias para alguns) estou estudando como nunca. Se antes eu me dedicava umas três horas por dia, agora são cerca de seis. As saídas nos finais de semana também foram cortadas. O reveillon será uma curta comemoração: vou viajar para a praia no dia 31, volto dia 2 para casa. Meus amigos ficarão uma semana por lá, mas eu não posso.

O foco agora é pensar na segunda fase da Fuvest.E nas férias que virão depois de tanto estudo.Mesmo se eu não passar na USP, passarei no Mackenzie e ficarei por lá. Porque não topo mais um ano de cursinho de jeito nenhum!

Cinthia é vestibulanda do Etapa e vai prestar Administração e Economia

Mais conteúdo sobre:

cursinhofériasfuvestreveillon