As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tamanho é documento no ensino superior?

Redação Estadão.edu

22 Maio 2013 | 15h14

As universidades privadas brasileiras variam muito de tamanho. Algumas têm mais de 100 mil estudantes de graduação. Outras não chegam a 5 mil. Mas será que tamanho é documento no ensino superior?

As maiores têm estruturas de amplas redes de ensino, às vezes de alcance nacional. As pequenas mais parecem faculdades.

Será que o porte da universidade está relacionado com a qualidade do ensino que ela ministra?

Qualidade de ensino é difícil de medir. Existe, no entanto, um indicador gerado pelo MEC que, embora contestado (e com alguma razão) é o que mais se aproxima do que seria uma medida objetiva da qualidade de ensino baseada em avaliações de estudantes, tanto de graduação como de pós-graduação. É o Índice Geral dos Cursos, o IGC.

Para verificar a dependência do tamanho nos resultados do IGC dividimos as universidades privadas por classes que levam em conta o número de estudantes de graduação.

O resultado foi sugestivo, mas não surpreendente. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra: as melhores universidades, segundo o IGC, são aquelas que possuem entre 20 mil e 50 mil alunos. Veja gráfico abaixo.

Explicações não são difíceis de imaginar e deixamos as especulações a cargo do leitor.

grafico_igc.JPG