As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Gestão de recursos é essencial para alcançar bons resultados em educação

Redação Estadão.edu

24 Julho 2013 | 18h41

Parece haver uma luta entre correntes que defendem o aumento das verbas para a educação como a única e definitiva solução para os problemas brasileiros nessa área e aqueles que dizem que o problema da educação não é dinheiro, mas boa gestão e dedicação. Nenhuma das posições resolve nossos problemas. Recursos são, sem dúvida, necessários para uma boa educação, mas não bastam. São condições necessárias, mas não suficientes.

Se colocarmos em gráfico o investimento por aluno e os resultados do exame PISA, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a relação entre investimento e desempenho é muito clara.

Nova_imagem.JPG

Como se observa no gráfico, existe uma relação clara entre investimentos no estudante e resultados dos exames internacionais (PISA). No entanto, a relação não é estritamente linear e há países que com menos investimentos obtiveram resultados muito acima da curva de expectativa, como Singapura, Coreia e Finlândia. Outros estão bem abaixo da expectativa, como Qatar, Israel, Brasil, entre outros, indicando outros fatores importantíssimos que influem nos resultados, além dos investimentos por aluno.

É claro pelo gráfico que investimentos menores do que US$ 5 mil por aluno não têm muita chance de alcançar resultados compatíveis com os países de melhor desempenho (da ordem de 500 pontos no PISA). Ambos, gestão e recursos são essenciais para se obter bons resultados – em educação, como em tudo o mais!