As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vestibular Unesp: o que diz o cursinho Etapa

Redação

13 Junho 2010 | 21h14

A pedido do Estadão.edu, o coordenador do Etapa, Edmilson Motta, comentou a prova do vestibular de meio de ano da Unesp, aplicada neste domingo para 8.335 candidatos.

Segundo ele, apesar de o exame estar divido por eixos – Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Linguagens e Códigos -, as 90 questões ainda estavam separadas por disciplinas.

“No geral, foi uma prova bem feita, que vai selecionar muito bem os candidatos. E diz muito o que esperar da prova da Unesp no fim do ano”, afirma Motta.

Prova de Linguagens e Códigos

A prova de Ciências Humanas tinha 30 questões, sendo 20 de língua portuguesa e literatura e 10 de língua inglesa.

“A Fundação Vunesp, que organiza o vestibular, manteve a tradição de fazer provas de português muito boas”, avalia Motta. “O exame é focado em texto, mas vai além da interpretação: faz perguntas de gramática, estilística e literatura.”

Segundo ele, a prova de inglês “segue a mesma linha”. “Algumas questões têm alternativas em inglês, coisa difícil de se ver hoje em dia”, diz.

Prova de Ciências Humanas

“História e geografia, cada uma com 12 questões, foram provas com cara bem tradicional”, conta Motta. “As perguntas não tem textos enormes, mas o suficiente para a contextualização, por causa da natureza dessas disciplinas.”

A surpresa, diz o coordenador, foi a presença de seis questões de filosofia. “Isso nunca tinha acontecido. Não foram textos propriamente filosóficos, mas muito bem trabalhados.”

Prova de Ciências da Natureza

São as últimas 30 questões da prova. Começou com as 8 de biologia – “uma prova contextualizada, muito bem feita, com nível de dificuldade adequado”.

Em seguida, vieram química, física e matemática. “Quando você se preocupa em contextualizar demais, pode aumentar a dificuldade das questões. Foi o que aconteceu com a prova de física, que acredito ter sido a mais ‘salgada’ da prova”, afirma Motta.

Sobre a prova de matemática, o coordenador ressalta o número de questões envolvendo gráficos – 5 das 8. “A prova estava bem feita, com boa abrangência de temas.”