As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Um pouco nervoso e muito ansioso’, diz vestibulando na 2ª fase da Fuvest

Redação Estadão.edu

05 Janeiro 2014 | 12h34

Guilherme Soares Dias

Candidatos que farão o primeiro dia de provas da 2ª fase do vestibular da Fuvest já lotam os portões do câmpus Villa Lobos da Universidade de Mogi das Cruzes, na zona oeste de São Paulo. Entre os candidatos, há quem não esconda a ansiedade.

O vestibulando Marcel Catão, de 17 anos, veio de longe para tentar uma vaga de Engenharia na USP de São Carlos. Ele chegou anteontem de Natal, onde mora, e fica até quarta-feira em São Paulo. “Estou um pouco nervoso e muito ansioso”, diz ele, para quem as disciplinas de Humanas são as mais difíceis. Catão diz ter estudado quatro horas por dia. “Espero passar, mas depende muito dos concorrentes”.

Já a estudante Sofia Castro Santos, também de de 17 anos, diz que está tranquila. Ela presta para Administração. Depois da primeira fase, foi viajar para o litoral Norte de São Paulo e nem estudou para essa segunda fase. “Estou calma, acho que amanhã será mais difícil”, diz ela, que se diz em dúvida entre a USP e FGV.

Neste domingo, são dez questões de Português, todas discursivas e a Redação. Os candidatos têm 4 horas para fazer o exame. Eles só podem sair das salas de aplicação após as 15h.