As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Segunda prova da Fuvest foi muito bem-feita, diz Anglo

Redação

09 Janeiro 2012 | 19h59

* Por Lorena Amazonas, especial para o Estadão.edu

A prova aplicada hoje foi elogiada pelos professores do Anglo. “Nenhuma questão apresentou falha no enunciado”, declarou Luís Ricardo Arruda, coordenador do cursinho. “Não há nada pior do que um enunciado mal-feito”, afirmou.

De acordo com o Anglo, a prova estava mais difícil do que a do ano anterior. “Como vestibular da principal universidade do país, é necessário que o nível de dificuldade da prova seja ao menos médio”, afirmou Arruda. As questões de biologia abordaram somente a fotossíntese, mas, mesmo assim, conseguiram ser abrangentes. “Deu para explorar várias áreas da biologia, como meio ambiente, por exemplo”.

A questão 4, que abordou balanças comerciais, foi classificada como difícil pelos professores. “Exigiu que o aluno pensasse bastante”, declarou o coordenador. Já a questão 7, que causou muita dificuldade nos alunos, foi considera mediana. “Um aluno que se preparou teria condições de responder corretamente”, afirmou Arruda.