As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“Se cair política, vou ter de filosofar”, afirma candidato do Enem

Redação

04 Novembro 2012 | 12h26

* Davi Lira, de O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – Nas entrevistas coletadas junto aos estudantes que estão realizando o segundo dia de provas na Uninove Barra Funda, um dos maiores polos de concentração de candidatos em São Paulo, só exitem duas possibilidades para o tema da redação. “Com certeza vai ser alguma coisa de meio ambiente ou política”, afirma o jovem estudante de apenas 15 anos, Felipe Santos.

A ideia é também compartilhada pelo jovem Janes Silva, de 25 anos. “Se cair coisa de política ou do mensalão, a minha única saída vai ser filosofar”, diz. Para o jovem Deidson de Brito, de 23, não importa o tema, o que vale é a concentração. “A grande estratégia é ter frieza absoluta e ver no que vai dar”, afirma.

Já para Felipe Benício, de 20 anos, a hipótese inicial que tinha sobre o tema da redação foi descartada pela força do noticiário político atual. “Antes estava pensando que cairia algum tema relacionado à informática, mas acho que vai ser alguma coisa da política”, diz o jovem.