As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Saiba o que acontece com instituições que tiveram baixo desempenho no Enade

Redação

17 Novembro 2011 | 17h41

Supervisão: Determinada para quem recebeu índice insatisfatório (nota 1 ou 2) no Índice Geral de Cursos este ano e em mais uma das duas avaliações já realizadas.

Suspensão da autonomia: Determinada junto com a supervisão. O número de vagas oferecidas é congelado e abertura de novos cursos, suspensa.

Faculdades: Como elas não dispõem de autonomia, ficam sujeitas apenas ao congelamento de vagas.

Termo de compromisso: Declarada a supervisão e congelamento de vagas, instituições assinam um termo se comprometendo a sanear as deficiências num prazo de um ano.

Fiscalização do termo de compromisso: Passado um ano, o MEC verifica se instituição atingiu os objetivos firmados no pacto. Em caso positivo, o processo é encerrado.

Descredenciamento: Se a instituição não cumpriu o que foi determinado no termo de compromisso, a instituição é descredenciada do MEC ou o curso é encerrado. Estudantes poderão concluir o curso na instituição ou pedir transferência, para que seja possível completar a graduação.

Leia também:

MEC deve cortar 50 mil vagas em cursos superiores este ano
Apenas 8% das universidades avaliadas pelo MEC obtiveram bons resultados
Unicamp é a melhor instituição pública do País em avaliação do MEC

Mais conteúdo sobre:

EnadeMECEnadeMEC