Receita para o vestibular: tranquilidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Receita para o vestibular: tranquilidade

Redação

30 Outubro 2009 | 14h33

“Essa semana eu consegui terminar química e física. Ainda temos muita coisa, mas percebi que vai sobrar um bom tempo para a revisão. Por isso, estou tranquilão! Está chegando a Unesp e é importante ficar de boa.

Não quero ficar colocando pressão: o maior inimigo somos nós mesmos. A gente fica pilhando e, quando vê, não é nada. Fiz nesta semana umas questões de segunda fase da Fuvest, que um colega trouxe. Percebi que estou bem preparado. Se fosse na prova, entregaria uma resposta bem completa.

Estou agora estudando com menos intensidade, e mais qualidade. Só quando você fica tranquilo, sem muita preocupação, é que não perde tempo em cada questão e desenvolve melhor.


Feriado eu vou acampar (de novo!) em Vargem Grande, na cidade onde eu morava. Mais uma ajuda para relaxar. Vou tentar terminar as Memórias do Escrivão Isaías Caminha, do Lima Barreto.

Estou na metade e está muito bom! Próximas leituras: Paraísos Artificiais, do Paulo Henriques Brito, e Mensagem, do Fernando Pessoa. Leituras obrigatórias para Viçosa. Tranquilidade para a leitura!”