As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem prestou Direito levou uma ‘bordoada’, diz Etapa

Redação

10 Janeiro 2012 | 20h09

* Por José Roberto Gomes, especial para o Estadão.edu

Para o Etapa, três disciplinas da prova do último dia da Fuvest podem se encaixar na categoria “muito difícil”. “História exigia maturidade em análise e conhecimentos em historiografia; geografia foi muito pesada; e química abordou físico-química, que sempre dá dor de cabeça ao candidato”, avalia Edmilson Motta, coordenador do cursinho.

Segundo ele, apenas matemática, biologia e física foram tranquilas. “As questões dessas disciplinas eram tradicionais, sem grandes segredos.” Devido à dificuldade nas demais matérias, ele considera que o vestibulando fez a prova no limite do tempo. E afirma: “Quem prestou para Direito levou uma ‘bordoada’, pois teve de responder questões de história, geografia e matemática”.

Diferente. A questão 3 de Física apresentou certa dificuldade ao candidato, de acordo com o professor de física Alexandre Lopes Moreno, do Etapa. “Não há nenhum erro, mas a Fuvest apresentou um sistema elétrico diferente do usual”, comentou.