As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova sem atrasados em Sorocaba

Redação

09 Janeiro 2011 | 15h14

A primeira prova da segunda fase do processo seletivo da Fuvest começou sem retardatários em Sorocaba. Na região, 3.295 estudantes participam do vestibular que prossegue até terça-feira. A coordenação reservou 21 salas no câmpus Raposo da Universidade de Sorocaba (Uniso) para aplicar a prova composta de uma redação e dez questões de interpretação de textos, gramática e literatura. Os candidatos procuraram chegar com antecedência.

Para Caroline Cristina Donini, que tenta Medicina na Universidade de São Paulo (USP), a maratona já começou na sexta-feira, quando a família toda – ela, o pai, o comerciante Sidnei Donini, a mãe Isabel e o irmão Murilo – viajou para Uberaba (MG), onde a garota prestou vestibular na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). “Ontem tivemos o velório de um tio, mas já estamos aqui, pois este dia é muito importante para ela”, contou a mãe.

A empresária Júlia Abuno, de Pilar do Sul, a 55 km, saiu cedo de casa com receio atrasar com o filho Cássio Iugo Abuno, que tenta Arquitetura. Até a tarde de sábado, a rodovia que liga a cidade a Sorocaba estava interditada por causa das chuvas. “Chegamos sem problemas”, disse, aliviada.

(José Maria Tomazela, de Sorocaba)

Mais conteúdo sobre:

fuvestretardatáriosSorocaba