As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova foi “aceitável” para alunos em São José dos Campos

Redação

09 Janeiro 2012 | 18h43

* Gerson Monteiro, especial para o Estadão.edu

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – De acordo com os alunos consultados pelo Estado, a prova de hoje exigiu conhecimentos múltiplos. “Não vi muitas fórmulas, foi uma prova que exigiu conhecimentos amplos de Humanas e atualidades”, comentou o estudante Bruno Estevão Pires, de 22 anos, que tenta pela segunda vez entrar em Engenharia da Computação na USP.

Na opinião de Amauri Hidekazi Assai, de 19 anos, que também faz Fuvest pela segunda vez, a prova pediu conhecimento de conteúdo específico. “Não chegou a ser fácil, mas teve um nível de dificuldade aceitável.” Para ser calouro de Engenharia na Poli, ele se dedicou 12 horas diárias de estudo no último ano, confiante que desta vez seu nome estará na lsita de aprovados. Além disso, espera um terceiro dia de provas ainda mais puxado.

Sobre a redução do número de questões, o candidato Thomas Ribeiro, de 19 anos, acredita que agora ficou o tempo ideal para fazer a prova. “Achei dificil a questão de física relacionada a trabalho e potência”, comentou.