As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova de inglês da Unifesp recebe elogios

Redação

16 Dezembro 2010 | 22h30

Professores de cursinhos são só elogios às 15 questões de inglês da prova do vestibular da Unifesp aplicada nesta quinta-feira, 16. O exame, que misturava enunciados e alternativas só em inglês com outros só em português, foi estruturado em torno de dois longos textos.

Segundo a professora do Objetivo Cristina Armaganijan, o exame estava “muito bem feito”. “Dava para identificar tranquilamente nos textos o que as questões pediam”, avalia. “Embora os textos fossem longos, o vocabulário era de nível médio. Se o aluno está acostumado a ler e tem visão de mundo, ele se saiu bem.”

Para Márcio Pantoja, do Anglo, o mais importante era conseguir administrar o tempo. “A prova trouxe textos grandes, que exigiam uma leitura cuidadosa. E o peso de inglês é o mesmo que das outras matérias. O candidato precisou de atenção.”

Na opinião de Alahkin de Barros Filho, professor do Etapa, apesar da extensão, não foi um exame difícil. “As questões eram sobre diversas partes dos textos, o que avaliou bem o vocabulário e a capacidade interpretativa do candidato”, afirmou.

Mais conteúdo sobre:

unifespvestibular