As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova da OAB consolida dificuldade, mas 3 questões foram controversas

Redação

05 Fevereiro 2012 | 21h29

*Atualizado às 21h44 e de novo às 22h01

* Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

O exame da OAB aplicado neste domingo teve um grau de dificuldade muito próximo ao da última prova. Na avaliação do professor Nestor Távora, coordenador de OAB da rede de cursinhos LFG, isso indica que a FGV criou um “critério de estabilidade”. Professores do cursinho avaliaram que Trabalho, Direitos Humanos e Processo Civil e Penal foram mais complexos, mas a prova de Ética, que tem grande peso, foi mais fácil.

Três questões – uma de Empresarial, uma de Processo Civil e outra de Processo do Trabalho – são, segundo Távora, passíveis de recurso. Na prova de tipo 1, são as questões 43 (extinção do processo), 51 (recuperação judicial de empresas) e 77 (acordo homologado após sentença).

O cursinho informara antes que as questões controversas eram quatro.