As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para Etapa, prova da Unesp tem ‘saltos de dificuldade’

Redação

18 Dezembro 2011 | 18h12

* Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

A 2ª fase da Unesp, iniciada hoje, teve questões bem-formuladas, mas com saltos de dificuldade, opina Marcelo Dias Carvalho, coordenador do cursinho Etapa. Matemática, por exemplo, teve uma questão muito fácil (a 22), uma média (a 24) e uma difícil, a 23, que envolvia análise combinatória e quantidade de triângulos. A prova de filosofia, por sua vez, teve uma dificuldade “no mínimo” média – “não era só interpretação de texto não, o candidato tinha que ter bagagem”, afirma Carvalho.

Sobre a questão 19, de física, que o Anglo considerou mal-formulada, Carvalho concorda, mas afirma não ser caso de anulação. O enunciado pede que o aluno despreze determinadas variáveis, o que o levaria a dar uma resposta de 10 m/s. Se ele seguisse a figura, porém, a resposta seria 9 m/s. “O aluno acaba escolhendo um ou outro, e a banca tem que aceitar as duas respostas”, afirma o coordenador do Etapa. “O erro atrapalha, mas não é grave”.

Mais conteúdo sobre:

unespunesp 2012vestibular