As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para alunos da Uninove, prova é difícil

Redação

10 Janeiro 2011 | 18h10

Em geral, a prova do segundo dia da Fuvest foi considerada difícil pelos alunos que a elaboraram na Uninove da Barra Funda. João Rodrigues, de 17 anos, quer História. Ele achou bacana as perguntas serem interdisciplinares.

“Achei legal uma questão que mesclava história com química orgânica”, diz sobre questão sobre o ciclo da borracha.

Jessica Galvão, de 18 anos, tenta uma vaga em Letras, não achou as questões interdisciplinares difíceis, porém teve dificuldades em física e química.

“Foi uma prova bem difícil, elaborada. E um pouco complicada, para mim que estudei em escola pública.”

Arthur Rogel, de 23, candidato de Administração de Empresas, achou a prova tranquila, porém trabalhosa. Ele afirma que química foi mais cobrada, era necessário ter conhecimento detalhado. Mas afirmou que o segundo dia foi menos desgastante que o primeiro. “Estou confiante.”

(Felipe Mortara, de São Paulo)

Mais conteúdo sobre:

Fuvest 2011vestibular