As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Padrão Fuvest não foi seguido, afirma Etapa

Redação

09 Janeiro 2012 | 19h53

* Por José Roberto Gomes, especial para o Estadão.edu

Para o colégio Etapa, a prova do segundo dia da Fuvest fugiu do tradicional padrão do vestibular mais concorrido do País. “Não tivemos questões interdisciplinares, apenas alguma coisinha ou outra. Tivemos uma mudança no estilo das questões”, avalia Edmilson Motta, coordenador-geral do curso e colégio Etapa. Segundo ele, isso deve elevar as notas de corte, diferente da queda ocorrida em 2011, quando a prova foi considerada mais difícil que a deste ano. “As notas devem ficar bem distribuídas.”

Para ele, física foi a disciplina que mais exigiu dos candidatos. Mesmo assim, considera que a Fuvest 2012 procurou fazer uma “avaliação de conhecimento” dos vestibulandos, fugindo um pouco .

Nesta segunda-feira, o vestibular cobrou história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês. Ontem, foram feitos os testes de português e a redação. Amanhã, serão provas de conhecimentos específicos, dependendo do curso escolhido pelo candidato.