As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No Sul, clima de apreensão

Carolina Stanisci

04 Novembro 2012 | 13h55

*Por Lucas Azevedo

PORTO ALEGRE – Neste domingo, cerca de 350 mil estudantes entraram em sala para o segundo dia do Enem no Rio Grande do Sul. No campus da Faculdade Porto-Alegrense (Fapa), na zona norte de Porto Alegre, onde cerca de 5 mil candidatos fazem o Enem, o clima era de apreensão antes da prova.  Hoje, serão testados os conhecimentos em linguagens, matemática e redação.

A estudante Diênnifer Fischer, 18 anos, espera ter mais dificuldade nas questões de Exatas. “Hoje a prova será bem difícil.  Baseado na prova de ontem, as questões devem ser bem subjetivas.” Segundo  Diênnifer, que pretende cursar Pedagogia, nesta edição o exame está exigindo mais interpretação dos candidatos.
O mesmo pensa Giordano Dal’Aqua, de 18. “Tem menos conteúdo, mas as provas estão mais técnicas.”  Entretanto, o aspirante ao curso de Arquitetura espera ter mais facilidade para concluir o Enem neste domingo, por causa do maior tempo de prova. “Hoje dá para terminar tranquilo. Além do mais, o pessoal já entrou no clima de provas.”