As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No MS, 549 detentos farão o Enem

Redação

15 Dezembro 2010 | 12h28

CAMPO GRANDE – O Inep não informou o número de estudantes do Mato Grosso do Sul convocados para refazer a prova de ciências humanas e ciências da natureza nesta quarta-feira, 15. Segundo o órgão, ligado ao MEC, a soma será feita após o término do exame, às 17h30 (horário de Brasília).

No Estado, a nova prova será aplicada nos municípios de Amambai, Aquidauana, Bataguassu, Cassilândia, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Jateí, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante e Três Lagoas.

Detentos

Começa nesta quarta e termina amanhã a realização do Enem para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa. No MS, 549 detentos, inclusive 16 do Presídio Federal de Campo Grande, se inscreveram para fazer o exame. Hoje, eles respondem à prova de ciências humanas e ciências da natureza.

Segundo o diretor-presidente da Agência Estadual Penitenciária (Agepen), coronel Deusdete de Oliveira, cada interno tem um dia de remissão da pena para cada três dias de aula. Segundo ele, 15% dos que cumprem pena em regime fechado no Estado, 1.150 pessoas, frequentam aulas dentro dos presídios.

“Até agora, estamos sendo bem sucedidos nessa tarefa. Um dos exemplos desse sucesso foi observado no ano passado quando, dos 387 inscritos no Enem, 274 fizeram o exame e 206 foram aprovados”, afirma. Está em fase de conclusão um projeto para a implantação do ensino a distância, abrangendo todos os presídios do Estado.

(João Naves de Oliveira, Especial para o Estadão.edu)

Mais conteúdo sobre:

Enem 2010