As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Neste segundo dia de prova, matemática deve ser o “bicho-papão”

Redação

04 Novembro 2012 | 11h50

* Davi Lira, de O Estado de S. Paulo
No segundo e último dia do Enem, alguns estudante que vão realizar a prova na Uninove da Barra Funda acreditam que o grande vilão do dia será a prova de matemática. “Matemática sempre foi pior, é um bicho-papão”, afirma Juliana Zicardi, de 17 anos. Opinião semelhante é compartilhada por Janis Willian, de 25 anos: “Não é que eu pretendo chutar muito, mas, sim, eu vou usar o chutômetro nas questões de matemática.”

A técnica de utilizar fórmulas como facilitador da prova é uma das estratégias da estudante da escola estadual Joaquim Leme do Prado. “Matemática vai pegar, por isso que eu tive que memorizar algumas fórmulas”, diz a estudante.