As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Nada que impedisse a resolução’, diz Anglo sobre erro em Matemática

Redação

10 Janeiro 2012 | 20h16

* Por Cecília Cussioli, especial para o Estadão.edu

Uma prova correta e difícil, mas que cumpre o papel de selecionar os alunos mais bem preparados. Esta foi a opinião dos professores do Anglo em relação à última prova da 2ª fase da Fuvest, realizada hoje, 10 de janeiro.  “Como não poderia deixar de ser, foi uma prova exigente”, afirma o coordenador do Anglo Luís Ricardo Arruda. “Mas não estamos falando de qualquer aluno. Esperasse que estes estudantes já tenham um grau maior de conhecimento”.

Na opinião dos professores, História, Geografia, Matemática e Química foram as matérias mais difíceis. As de Física e Biologia tiveram uma classificação mediana. Segundo o coordenador do Anglo, a prova de Matemática apresentou um pequeno equivoco: o enunciado apresentava um tetraedro, mas a ilustração era de um pentaedro. “Nada que invalidasse a questão”, afirma Arruda.

Outra questão que merece destaque, é a de História que trata da Guerra de Troia. Foi pedido que os candidatos identificassem o poema épico que tratava da batalha (Ilíada de Homero), e em seguida explicassem a origem do título da obra. “Especificar a origem da palavra não é um conteúdo comum do programa de história do Ensino Médio. Os alunos poderiam ter dificuldades”.