As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

MEC apresenta ações para estimular uso das TICs nas escolas durante conferência

Carolina Stanisci

27 Abril 2010 | 13h42

A representação da Unesco no Brasil, em parceria com o Ministério da Educação (MEC), iniciou os debates da conferência internacional “O Impacto das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) na Educação” na manhã desta terça-feira, dia 27, em Brasília. O objetivo do evento é avaliar como essas ferramentas têm sido trabalhadas no contexto escolar dos países da América Latina e do Caribe, além de discutir métodos para a formação de professores.

Na abertura do evento, o secretário de Educação a Distância do MEC, Carlos Bielschowsky, apresentou as metas do governo em relação ao uso das TICs nas escolas. Segundo ele, o ministério quer promover a alfabetização digital de toda a população pobre, estimular a autonomia dos estudantes e adotar novas estratégias para tornar as aulas mais divertidas.

O secretário mostrou um mapa do País para falar do Programa Banda Larga nas Escolas. Hoje existem no Brasil 42.688 escolas conectadas à internet, principalmente nos Estados do Sul e do Sudeste, beneficiando 24 milhões de estudantes. O governo pretende levar internet em alta velocidade à 64.800 escolas até o fim do ano.

Capacitação

Bielschowsky também ressaltou a capacitação de 340 mil professores de todo o País para usar os laboratórios conectados à internet. De acordo com o secretário, 40 mil estão fazendo um curso com 360 horas de duração, enquanto que a maioria (300 mil) passam por cursos de informática básica e de TICs na educação, entre outros.

Laptops educacionais

Sobre o programa federal Um Computador por Aluno (UCA), o secretário da Educação a Distância explicou que os primeiros testes foram feitos em cinco escolas de diferentes Estados. “A gente não saiu comprando 1 milhão de computadores. Começamos com calma porque é necessária uma capacitação forte não só dos professores, mas de toda a comunidade estudantil.” O MEC já comprou 150 mil computadores, que devem ser distribuídos até junho.

A conferência será encerrada nesta quarta-feira, dia 28.