As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Grupo pode propor novo adiamento das eleições para DCE da USP

Redação

28 Fevereiro 2012 | 14h43

* Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

O grupo Território Livre, que apoia a chapa 27 de Outubro, pode propor novo adiamento das eleições para o DCE da USP. Segundo Murilo de Souza, estudante de Geografia de 22 anos, como as eleições foram adiadas por causa da greve de alunos, deverão ser postergadas mais uma vez caso a próxima assembleia geral decida pela continuidade da greve. A reunião acontecerá em 8 de março  (quinta-feira), na FAU.

“Não dá para achar que vivemos uma normalidade do funcionamento das eleições diante do tamanho das assembleias que tivemos no ano passado”, diz Murilo, ele mesmo membro do comando de greve. “Caso a greve continue, não há necessidade nenhuma de eleições, porque a gestão é substituída pelo comando de greve e pelas assembleias”. Murilo ressalta, porém, que os delegados que compõem o comando são eleitos por assembleias de seus respectivos cursos.

As eleições para o DCE, originalmente marcadas para novembro de 2011, foram adiadas por uma assembleia de alunos sem competência para tanto, decisão posteriormente confirmada pelo Conselho de Centros Acadêmicos.