As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fuvest: matemática teve questões sobre logaritmos e probabilidade

Redação

27 Novembro 2011 | 17h25

* Por Alexandre Gonçalves

SÃO PAULO – Vitor Dutra, de 17 anos, está prestando o vestibular para Ciências Atuariais da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA-USP). Também considereou matemática a disciplina mais dificil da prova. “Especialmente as questões de geometria, mas também cobraram conhecimentos de logaritmo e probabilidade”.  Seu pai, o vendedor Joaquim Dutra, de 56 anos, disse que realizou um sonho simplesmente por ver o filho prestando o vestibular. “Não tive a oportunidade de fazer faculdade”. Vitor prestará Direito nos vestiblares da PUC e do Mackenzie.

A estudante Stefane Merielle Alves, de 17 anos, quer ingressar no curso de Ciências Sociais. Está terminando o Ensino Médio agora. “Matemática e física são grego para mim”, diz Stéfane, que não alimenta muitas esperanças de uma segunda fase. Mesmo assim, fica muito animada ao projetar a possibildade de entrar na USP. “Se eu não passar, devo fazer um intercâmbio na Austrália, além de cursinho. Então, não estou tão tensa com o resultado”. Ela esqueceu a caneta e o lápis para fazer a prova e teve de pedir esses materiais emprestado em uma padaria.

Já Daniel Saad, de 22 anos, quer estudar Gestão Ambiental na USP. Ele afirma que “sofreu” com as questões de química e física. “Já deixei o Ensino Médio há cinco anos e não me lembro de muitas coisas”, afirma Daniel, que chegou a ingressar na PUC-São Paulo, mas abandonou o curso depois de um semestre.

* Erro de português corrigido às 20h23 de domingo, dia 27