As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fechamento antecipado de portões causa correria e tensão em SP

Redação Estadão.edu

04 Novembro 2012 | 13h03

* Davi Lira, de O Estado de S. Paulo

 

Com o objetivo de dispersar a quantidade de candidatos que aguardavam na entrada da Uninove Barra Funda, um dos principais locais de provas em São Paulo, os seguranças do local resolveram fechar antecipadamente, às 12h45, dois dos três portões gradeados que dão acesso ao prédio. A medida, que não tinha sido adotada ontem, provocou corre-corre entre os alunos, que foram pegos de surpresa.

“Foi muito desnecessário, tinha muita gente do lado de fora, mas ainda faltava meia hora para a prova”, afirma Beatriz Amâncio, de 17 anos. Para Bruna Arruda, de 22, o fechamento brusco aumentou o nervosismo dos candidatos. “Claramente foi uma jogada para chamar a atenção dos estudantes e fazê-los entrar mais rápido.”

“As pessoas ficaram apavoradas. Teve pânico e até um certo desespero”, diz Maria Luiza, de 48 anos, que levou o filho ao local de prova.

Vanilda José Castro, de 59, criticou o fato de a entrada dos estudantes ficar limitada a um portão. “Fiquei até preocupada. A movimentação poderia causar algum acidente, já que tinha muita gente do outro lado da rua.”