Escola de negócios da música abre as portas na Vila Madalena
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Escola de negócios da música abre as portas na Vila Madalena

Redação

16 Fevereiro 2012 | 17h24

Reprodução/youtube.com/StarKidPotter

Começa em 25 de fevereiro o primeiro curso da Musicness, escola aberta em São Paulo para os interessados em trabalhar na indústria da música. O módulo básico será de 24 horas-aula, divididas em quatro sábados. O primeiro é dedicado aos fundamentos: o que são e para que servem gravadora, editora, agente, gerente e como eles  interagem e criam o negócio da música. A segunda aula é sobre edição e direitos autorais, tópico muito complicado no Brasil. “Aqui são 12 coletores de direitos autorais”, explica Afonso Marcondes, fundador da escola.

A terceira aula será dedicada à negociação: comunicação, contratos e licenciamento. O curso termina com uma aula sobre promoção e marketing. Ao final de cada aula, os alunos vão compartilhar experiências. “Quem não troca conhecimento não aprende nada”, afirma Marcondes. As aulas também serão transmitidas pela internet, e um baterista de Belo Horizonte já está inscrito.

A ideia veio de quando Marcondes, que já deu aulas na European School of Economics, voltou ao mercado de trabalho brasileiro e teve dificuldades para fazer com que rádios tocassem músicas de sua gravadora, a (©urve)music. “Cheguei à conclusão de que o que a gente precisava era um pouco de educação”, conta. “A carreira na indústria da música é como um grand prix, uma corrida acirrada”.

O curso é livre, então não há pré-requisitos. Custa R$ 1 mil, mas alunos que indiquem ter conhecido a escola por meio de um veículo de comunicação (e dizer qual) ganham desconto de 20%. O site é musicnessbrasil.wordpress.com/promocao.

Mais informações podem ser obtidas pelo info@musicness. net

* Corrigido às 11h41 de sexta-feira, dia 17. No terceiro parágrafo, o correto é “rádios” em vez de artistas. O e-mail para informações também foi trocado.