As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em pesquisa do Ciee, 58% dizem ser a favor do Exame da OAB

Redação Estadão.edu

05 Dezembro 2011 | 19h44

Uma enquete realizada pelo Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) mostra que 58% dos estudantes cadastrados no banco de dados da organização são contra o fim da exigência de aprovação no Exame da OAB para que bacharéis em Direito possam exercer a advocacia.

Participaram da pesquisa 11.491 jovens. Deste grupo, 29% se disseram favoráveis ao término da exigência, enquanto 13% votaram na opção “Não tenho opinião a respeito”. Eles responderam à seguinte pergunta: “Qual sua opinião sobre a atual proposta de extinguir o Exame da Ordem para que os diplomados em faculdades de Direito possam se inscrever na OAB e, assim, atuar como advogados?”.

O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil tem duas fases. Na primeira, os candidatos fazem 80 questões de múltipla escolha. Só quem acerta pelo menos 40 testes passa para a segunda etapa, de caráter prático-profissional, em que os participantes têm de redigir uma peça jurídica e responder a quatro questões discursivas sobre a área do direito em que pretendem atuar.

Neste domingo, 4, cerca de 50 mil candidatos fizeram a prova da segunda fase do V Exame da Ordem Unificado.

No fim de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) recusou um pedido para que bacharéis em Direito fossem liberados para exercer a advocacia sem a necessidade de prévia aprovação no Exame da Ordem.