As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

DCE: Pergunta sobre cota racial motiva direito de resposta

Redação

26 Março 2012 | 23h21

* Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

SÃO PAULO – O único direito de resposta concedido a uma chapa no debate entre candidatos ao DCE da USP, na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, nasceu de uma pergunta sobre cotas raciais no vestibular da Fuvest.

A Reação foi a primeira a responder. O representante Éder Souza, negro, disse ser contra as cotas porque o problema da educação não estaria no “topo”, mas na “base”. Segundo ele, a inclusão de negros na universidade deveria ser resolvida com a melhoria do ensino público. Mas Éder assegurou que a Reação é a favor de um plebiscito para decidir o tema.

Danilo Cruz, também negro e membro da Universidade em Movimento, criticou o fato de Éder, sendo negro, ter essa opinião.

Éder pediu à mesa e obteve direito de resposta. Afirmou, então, que não “segue cartilha”, mas tem consciência para definir suas próprias opiniões.

Assista ao vídeo da dicussão.

Confira outros lances do debate neste link. As eleições para o DCE começam nesta terça-feira e vão até quinta.

* Corrigido às 10h35 de terça, 27. Éder disse ser contra as cotas, não que a chapa tenha essa posição.
* Atualizado às 10h47 de terça, 27, para acrescentar link do vídeo.