As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comerciantes lucram com vendas de caneta próximo a locais de provas em Fortaleza

Redação Estadão.edu

03 Novembro 2012 | 15h04

*Por Lauriberto Braga – Especial para o Estadão.edu

FORTALEZA  – Canetas esterográficas preta fizeram o sucesso na porta dos locais de prova deste sábado, 3, do Enem em Fortaleza. Obrigatória para marcação do cartão resposta, a caneta de tinta preta chegou a ser vendida com ágio de 200% do preço médio verificado nas livrarias (R$ 0,80).

Os alunos que esqueceram a caneta preta e tiveram que comprar na porta dos locais de prova pagaram até R$ 2,50. Foi o caso de Raimundo Leandro, de 22 anos, que está fazendo prova na Universidade de Fortaleza (Unifor). Esqueci a caneta preta em casa e tive que comprar esta aqui com o preço bastante salgado. Mas fazer o quê. É o preço que pago pelo esquecimento”, disse.

Os vendedores comemoraram as vendas e os lucros com as canetas preta. A média que cada um vencedor na Unifor comercializou foi de 100 unidades.

Mais conteúdo sobre:

enemFortalezaenemFortaleza