As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Chute’ em matemática pode alcançar até 100%, prevê candidato

Redação

04 Novembro 2012 | 12h49

* Davi Lira, de O Estado de S. Paulo

 

SÃO PAULO – A prova de redação considerada por muitos como a mais trabalhosa, não deve ser a mais difícil neste segundo dia de Enem, de acordo com os estudantes que estão realizando a prova na Uninove Barra Funda. “Para mim, matemática sempre foi a mais difícil de todas e, de verdade, acredito que terei de chutar 70% das questões”, diz a estudante Flávia Semente, de 19 anos.

Outra candidata acredita que no “chutômetro” da matemática, o índice de preenchimento de questões ao acaso não deve ser inferior a um quarto. “Eu acredito que vou ter que chutar pelo menos 25% das questões”, diz a jovem de 18 anos, Aline Daffre.

Outra estudante é capaz de até chutar 100% das questões da prova de matemática. “Eu chutaria tudo, se fosse o caso, mas se isso acontecesse, acho que a minha mãe cortaria os meus pulsos porque ela pagou dois anos de cursinho”, diz a jovem.

Finalmente, os chutes em matemática só serão realizados por Fabrício Pereira, de 18 anos, nas questões consideradas mais trabalhosas. “Eu sei que pelo menos 5 questões são colocadas na prova para complicar o aluno. Dessas eu poderia até considerar a possibilidade de chute, mas o resto da prova é composto apenas por contas simples”, afirma.

A possibilidade de chutes para Kaio Oliveira, de 18, dependerá do tempo máximo que ele considera ideal para resolver às questões. “Só chutaria caso passasse pelo menos 30 minutos em uma única questão e, ainda assim, eu não conseguisse resolvê-la.”