As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Candidatos tentam USP pela 3ª vez

Redação Estadão.edu

05 Janeiro 2014 | 12h48

Guilherme Soares Dias

Passar na USP no primeiro vestibular não é uma tarefa fácil. No ano passado, 62% dos aprovados haviam frequentado algum tipo de cursinho preparatório.

Na porta UMC Villa Lobos, na zona oeste de São Paulo, a estudante Luciana Marques de 20 anos, revisava há pouco alguns detalhes de literatura. É a terceira vez que ela tenta uma vaga de Engenharia Química na USP. “Estou nervosa, mas como já fiz outras vezes sei como é a prova e estou mais confiante. O tempo é o maior desafio”m diz ela, que estudou cinco horas por dia antes das provas.

O servidor público Rodrigo Salvagni, de 19 anos, também presta a Fuvest pela terceira vez. Ele tenta uma vaga em Química. “Vou manter a calma e me esforçar para fazer o que sei”, diz. Por conta do trabalho, não teve tanto tempo para se dedicar aos estudos. “Se não der sempre tem o ano que vem”, completa.

A segunda fase do vestibular da Fuvest começou às 13 horas deste domingo, 5, para os 32.569 candidatos para esta etapa – dos quais, 2.224 são treineiros. Os portões abriram às 12h30 e fecharam pontualmente às 13 horas. A Fuvest seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP).