As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Candidatos esperam prova mais elaborada, mas não menos difícil no 2º dia

Redação

09 Janeiro 2012 | 12h39

* Gerson Monteiro, especial para o Estadão.edu

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – Bem diferente do 1º dia de provas, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, o movimento é tranqüilo na chegada dos candidatos aos dois prédios que abrigam a 2.ª fase da Fuvest. O clima de ansiedade do domingo foi trocado pela expectativa de uma prova mais equilibrada e elaborada, considerando a linha da prova de ontem.

Isabela Vieira Duque, de 20 anos, disputa uma vaga em Odontologia na USP, Unicamp e UNESP. “Espero uma prova mais elaborada já que terá menos questões. Não estou tranquila, afinal são todas as matérias, mas estou bem preparada”, disse a estudante que tenta a vaga há dois anos.

“Para entrar em uma faculdade pública não é fácil quando se vem de escola pública”, reclama Tatiane de Carvalho Santos, de 20 anos. Estudante do primeiro ano de Direto em faculdade particular, tenta a vaga em História na USP. “Na escola pública falta a bagagem de conteúdo que se tem em escolas particulares”, comenta.