As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Candidata chega atrasada e se desespera em Taubaté

Redação Estadão.edu

25 Novembro 2012 | 15h38

Gerson Monteiro, especial para o Estadão.Edu

TAUBATÉ – Uma candidata de Pindamonhangaba, a 160 km de São Paulo, se desesperou ao chegar atrasada ao prédio da Universidade de Taubaté, cerca de um minuto após o fechamento dos portões.

A candidata, que não quis se identificar, desceu do carro chorando.  Seus familiares foram até o portão tentar negociar sua entrada. Diante da negativa do funcionário, a estudante saiu aos berros dizendo “nunca mais quero fazer essa prova, nunca mais”. A família não quis comentar o motivo do atraso e saiu sem conversar com a reportagem.

Em todo o Vale do Paraíba, 7.386 estudantes fazem a primeira fase da Fuvest. A chuva desde a tarde de sábado fez com que os candidatos adiantassem a chegada ao local de prova. Em Taubaté, um candidato chegou às 9h. A chuva deu uma trégua pouco antes da abertura dos portões.

Mais conteúdo sobre:

fuvest 2013taubaté