Blogueira conta primeiros passos da viagem pelo Oriente Médio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Blogueira conta primeiros passos da viagem pelo Oriente Médio

Redação

24 Janeiro 2011 | 12h10

A Iniciativa Caminhos de Abraão busca promover um maior entendimento entre os povos de todo o mundo. Fundada pelo professor de Harvard, William Ury, a ONG americana possibilita, através do turismo cultural, a visita in loco de grupos a comunidades locais, o que permite a vivência de diferentes culturas e, por consequência, uma vasta compreensão sobre conflitos, focando na região do Oriente Médio, além de gerar renda para a população do país.

Desta forma,  a II Missão Estudantil da Faap, de 16/01 a 02/02,  percorre a Turquia,  Jordânia, Palestina, Israel e Líbano. A primeira parada foi em Sanliurfa, também conhecida como Urfa, uma cidade do sudoeste turco. Visitamos Gobeklitepe, o templo mais antigo do mundo, ou melhor, o que sobrou de séculos atrás, como por exemplo, dois grandes buracos na terra, os quais eram usados para banhos sagrados antes de entrar no templo, e pilares com figuras de animais que representam símbolos sagrados. No local também há uma árvore dos pedidos.

Com uma linda vista de montanhas rochosas, partimos para o vilarejo de Sogmatar, onde nos deparamos com muitas crianças de uma escola pública, felizes em ter contato com outras nações. No mesmo vilarejo, subimos um morro sagrado, onde havia esculturas na pedra dos deuses do sol e da lua. Mais tarde, fomos recebidos por uma família árabe para o almoço, o que estreitou ainda mais nossos laços e nos deu a possibilidade de tirar algumas dúvidas.

Por fim, nosso tour do primeiro dia acabou em Harran na primeira Universidade Islâmica do mundo, muito relevante para a história por vários motivos, como ter sido o local da descoberta da distância entre a Terra e a lua e, principalmente,  por ter colaborado com algumas ideias do Iluminismo.

A última parada foi em uma casa típica da região, chamada de “casa de abelha”, por possuir o mesmo formato de uma colmeia. Essas casas têm a característica de esquentarem no inverno e esfriarem na verão. A próxima parada é em Istanbul, onde visitaremos lugares como a Santa Sofia, Mesquita Azul, Estreito de Bósforo, entre outros.

Samara Figueiredo é estudante do sétimo período de Relações Internacionais da Faap

Mais conteúdo sobre:

Oriente Médioviajantes