As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Baixo quórum de funcionários

Redação

05 Junho 2009 | 13h21

São poucos os funcionários reunidos na frente da reitoria da USP nesta tarde. Para Magno de Carvalho, do comando de greve do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), o baixo quórum se justifica porque “hoje é sexta-feira e um dia depois do dia de pagamento”. Ele afirma que o número de participantes voltará a ser maior na segunda-feira.

Todos os dias, ao meio dia, funcionários votam em “assembleia” como irão seguir com as manifestações. Hoje, está em votação o fechamento do portão principal do campus na terça-feira. “O ‘trancaço’ será feito somente se os três grupos, estudantes, professores e funcionários, aderirem”, explicou Carvalho.

Outra proposta apresentada é fazer um enterro simbólico da reitora Suely Vilela. O ato seria um cortejo fúnebre com um caixão e uma boneca loira. A ideia está em discussão.