As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Arroz amarelo e frango assado

Redação

15 Dezembro 2011 | 16h34

* Por Mariana Fernandes Moschioni, de 24 anos, psicóloga. Fez curso de inglês no Canadá

CIMG0107.JPG

“Em julho deste ano fiquei um mês em Toronto, no Canadá, para fazer um curso de inglês. Fiquei hospedada na casa de uma família – era a mãe e uma filha – e tive sorte de elas serem canadenses, pois a maioria dos meus amigos ficou com famílias de estrangeiros.

Aliás, em Toronto há muitos imigrantes, de diversas partes do mundo. Muitos filipinos, árabes, coreanos e há, inclusive, diversos bairros divididos por etnias. Há, por exemplo, o bairro italiano, o mulçumano, o chinês e até mesmo um brasileiro.

Tanta influência estrangeira é refletida também na cultura. Lá dizem que não há uma comida típica canadense, mas percebi na minha casa que eles comem muito frango assado e um arroz diferente do nosso, amarelo, com a aparência de um queijo ralado. Quase não tem sabor.

CIMG0211__2_.JPG

Os canadenses são muito educados, fui sempre bem tratada, mas tive um único problema: eu só podia tomar banho uma vez por dia! E, num calor de 40.º, isso para mim era muito difícil. Então eu tomava banho escondida da família.

205869_239718369384598_193486397341129_740856_1493587_n___C__pia.jpg

Uma dica que dou para quem pensa em morar lá é que compre o metropass, um bilhete que serve para utilizar ilimitadamente durante um mês qualquer transporte público da cidade. E que planeje bem a sua estada. Em um mês é possível melhorar muito o conhecimento na língua e visitar muitos lugares. Só requer saber otimizar seu tempo. E fique longe de brasileiros, pois a tentação de conversar em português é muito grande.”

Veja também:

Intercambistas contam suas experiências
Programas de intercâmbio no Canadá
Leia mais notícias sobre intercâmbio