As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aluna expulsa da USP: “Senso crítico não está de férias”

Redação

19 Dezembro 2011 | 14h28

* Por Paulo Saldaña

SÃO PAULO – Cerca de 60 pessoas estão em frente ao prédio da reitoria da USP, em manifestação contra a expulsão de seis alunos, publicada no sábado. Manifestantes portam caixas de bateria e faixas de “não à repressão” e “não à expulsão”.

Cerca de 15 agentes da Guarda Univeristária fazem um bloqueio em frente à portaria principal, e cavaletes e faixas cercam o prédio.

Os manifestantes dizem não esperar muita gente, porque as aulas terminaram. Jéssica de Abreu Trinca, de 26 anos, uma das estudantes expulsas, afirma que, apesar disso, a mobilização continua ano que vem. “As aulas da USP podem estar de férias, mas o senso crítico dos alunos, não”, disse. “As aulas vão voltar e os alunos vão permanecer em greve”. Jésssica acredita que o requerimento para reverter a expulsão terá sucesso.

Os alunos estudam a possibilidade de acampar no local, decisão postergada por causa do baixo quórum.

Mais conteúdo sobre:

coseasexpulsãogreveusp