Agora, na versão ‘ECArabet’! Passei na USP!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Agora, na versão ‘ECArabet’! Passei na USP!

Redação

04 Fevereiro 2010 | 11h33

“Estava fritando um omelete e de repente o telefone toca, para intensificar ainda mais o frio na minha barriga que já parecia o Polo Norte. Era minha mãe gritando ao telefone: ‘Você passou, Lê!!!’.

Quando ouvi isso, saí correndo para pegar um táxi e voei para a avenida Paulista – pobre omelete, ficou esquecido! Naquela hora, o que importava era chegar ao Objetivo para comemorar aquele momento único!

Pobre também do taxista que foi comigo. Ele teve que me ouvir ligando para praticamente o Brasil inteiro para dar a boa notícia! Pois é, quem escolhe Jornalismo fica fazendo isso mesmo: assim que passa, já sai dando notícias.

Ainda no carro, sentia que a ficha ainda não tinha caído! Eu precisava enxergar com os próprios olhos “Leandro Carabet” na lista de aprovados. A propósito, agora já virou “Leandro ECArabet” – pois é na ECA (Escola de Comunicação e Arte da USP) que vou passar os próximos quatro anos da minha vida…

Quando cheguei, fui imediatamente recepcionado pela minha mãe, que trabalha lá há 30 anos! Ao longo desses anos, ela cortou o cabelo e pintou o rosto de vários alunos. Mas, ontem, foi uma grande emoção vê-la cortando os meus próprios cabelos!

A primeira etapa foi cumprida! ‘Fuibemvest’ por completo! Agora, começa uma terceira fase. Vamos ver as surpresas que me aguardam e aquilo que Deus prepara na USP em 2010.

Espero lá ter duas mil ideias e, quando formado, acrescentar muito à humanidade. Pois acredito que, nos últimos tempos, as pessoas têm uma relação cada vez mais estreita com o jornalismo e com o que dizem os jornalistas. Tem gente que acorda com os jornalistas, almoça e janta com eles, e não desgruda os olhos deles na TV…

Fico feliz por escolher uma profissão que estará sempre presente em sua vida, caro leitor. Como disse Drummond, ‘todos os homens voltam para casa. Estão menos livres mas levam jornais e soletram o mundo’.”