Alunos fazem assembleia no Salão Nobre da Faculdade de Direito
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alunos fazem assembleia no Salão Nobre da Faculdade de Direito

Redação

10 Novembro 2011 | 21h01

* Por Carlos Lordelo

SÃO PAULO – Cerca de 100 PMs fecharam ruas para a passagem do ato convocado contra a presença da PM no câmpus. Por causa de uma chuva leve, os alunos decidiram realizar no Salão Nobre da faculdade assembleia para decidir se mantêm a greve definida na terça-feira.

A reportagem perguntou ao diretor da faculdade, Antonio Magalhães Gomes Filho, se não há problema na realização da assembleia no Salão Nobre. “Problema tem, sim. Eles vão passar muito calor.” Talvez por isso, alguns estudantes entraram com latas de cerveja no local.

A Faculdade de Direito é um dos pólos de oposição ao reitor da USP, João Grandino Rodas. Em 29 de setembro, a congregação da SanFran, órgão máximo da unidade, declarou Rodas persona non grata.

Uma faixa alusiva à declaração de persona non grata está hoje atrás da mesa da assembleia, no salão.Cerca de 500 estudantes já se acomodaram no local, que tem capacidade para 800.