As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

243 alunos fazem provas da Fuvest em Presidente Prudente

Redação

06 Janeiro 2013 | 14h00

* Por Sandro Villar, especial para o Estadão.edu

PRESIDENTE PRUDENTE – Depois de participar da primeira fase, 243 candidatos, boa parte deles de Mato Grosso do Sul e do Paraná, foram convocados para a etapa discursiva do vestibular da Fuvest em Presidente Prudente, extremo oeste paulista.

Estudantes como Vinicius Reis Soares, de 17 anos, sonham com uma vaga na USP. O aluno veio de Campo Grande (MS) e foi o primeiro a entrar em uma das sete salas da Unesp, onde será realizada a segunda fase da Fuvest, pouco antes das 12h30 deste domingo. “A prova é difícil, mas não estou desesperado”, disse, otimista. Vinicius quer ser médico e, no ano passado, participou de seis vestibulares.

Quem também veio de longe foi Daniel Costa Xavier de Oliveira, de 16 anos. Ele chegou de Goiânia na quinta-feira. O jovem sonha com a carreira de engenheiro químico. “Estou ansioso, mas me considero preparado”, contou. Daniel precisou almoçar cedo: comeu lasanha de frango às 10h45.


Quando o relógio marcava 12h58 chegou à Unesp um dos últimos candidatos. “Não precisa correr, dá tempo”, disse ao rapaz o professor Carlos Alberto Penatti, de 62 anos, coordenador do vestibular da Fuvest em Presidente Prudente desde 1995. A mãe do jovem respirou aliviada e, nervosa, até deixou a porta do carro aberta.

Três policiais civis farão a segurança nos três dias de prova. Um deles portava duas pistolas.