Notas de corte no Sisu sobem em 99% dos cursos durante prazo de inscrições

Paulo Saldaña

14 Janeiro 2016 | 07h00

Levando em conta os dados dos 5,5 mil cursos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do 1.º semestre do ano passado, em 99,4% das carreiras a nota de corte final subiu em relação ao início das inscrições. Só em 32 cursos (0,6% do total) a nota caiu ou não se alterou durante todo processo.

ENEM 2014.

Ao fim de cada dia do prazo, o Sisu gera uma nota de corte baseada nas inscrições cadastradas. Esses índices servem de parâmetro para o candidato avaliar se sua nota é suficiente para ingressar no curso desejado. A nota de corte final é a que vale. O sistema usa as notas do Enem e as inscrições vão até hoje.

Na média, as notas de cortes finais ficaram 36 pontos superiores ao início da abertura das inscrições – uma alta de 6%. Entre os dez cursos que fecharam com as maiores notas de corte do Sisu 2015, a variação na nota de corte entre o começo e o final do processo seletivo é de 45,7 pontos.


As informações, referentes à concorrência ampla, foram tabuladas pela Evolucional, empresa de tecnologia da educação, e obtidas pelo blog. A Evolucional desenvolveu um portal em que é possível calcular, com a nota, quais cursos o candidato passar. Você pode acessar aqui: http://mapadosisu.com.br.

De acordo com os dados de 2015, a nota de corte pode subir mais de 205 pontos entre a abertura das inscrições até o encerramento do processo. Mas isso ocorre apenas entre cursos que iniciam as inscrições com índices baixos e não ficam entre os mais concorridos.

Até o fim do prazo de inscrição, o candidato pode mudar as duas opções de cursos. Cada carreira pode adotar uma metodologia diferente de pesos por área da prova.

No ano passado, 242 carreiras (4,4% do total) tiveram variação maior que 100 pontos entre a primeira nota parcial e final – que representa a nota mais baixa obtida pelos aprovados. Somente dois cursos tiveram variação superior que 200 pontos. Foram duas licenciaturas: Química na Federal do Oeste da Bahia (Campus Reitor Edgar Santos) e Ciências Exatas na Federal do Paraná (câmpus Pontal do Sul).

No ano passado, a maior nota de corte foi registrada no curso de Engenharia da Computação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), câmpus de Uberaba: 941,08.

Mais conteúdo sobre:

EnemSisu