Atividades fora da sala de aula ampliam o conhecimento adquirido dentro dela

Atividades fora da sala de aula ampliam o conhecimento adquirido dentro dela

Escola Morumbi

11 Maio 2016 | 09h57

foto (1)

Apesar de passar grande parte do tempo na sala de aula, o aluno também pode aprender fora dela. 

Promover atividades no ambiente externo à sala de aula, além de diversificar a rotina escolar, permite que o educando seja autor de seu próprio conhecimento e vivencie o que aprendeu.

No colégio Nossa Senhora do Morumbi, todos os segmentos fazem uso da área externa como uma extensão da sala de aula. “Essas atividades fazem com que os alunos sejam protagonistas da aquisição de conhecimento, pois não devolvem o conteúdo de modo reproduzido, mas vivenciado”, explica Maria Teresa Sauer, coordenadora pedagógica e educacional do Ensino Fundamental II da instituição.

Dentre as atividades que podem ser realizadas fora da sala de aula estão os estudos de meio, uma saída com o objetivo de incentivar os alunos a aprofundar seus conhecimentos e aplicar o que foi aprendido em sala. Eles são importantes por possibilitar que os estudantes criem uma visão própria e ampla do mundo.

Embora o colégio Nossa Senhora do Morumbi conte com cerca de 100 mil metros quadrados de área, dos quais dois terços são cobertos por Mata Atlântica, não é crucial possuir grandes áreas para trazer o aluno para fora da sala. 

Não é necessário muito espaço para que o aluno aguce todos os seus sentidos”, afirma Maria Teresa.

As atividades podem acontecer dentro da própria instituição ou até mesmo em seu entorno. 

A mudança de ambiente é o suficiente para despertar o interesse do aluno e motivá-lo ao aprendizado, além de trazer ao estudante o pertencimento do espaço que ele habita e transita diariamente.

Além de estimular o aprendizado, atividades fora da sala de aula também estimulam a vivência em grupo e a descoberta de competências próprias. 

Para Maria Teresa, a partilha acontece naturalmente à medida que essas habilidades se fazem presentes para a descoberta.

As atividades no ambiente externo à sala de aula são benéficas não só para os estudantes, que ampliam seu aprendizado e suas habilidades, mas para a instituição. 

A escola amplia sua identidade através da pedagogia de projetos que ultrapassam as paredes da sala de aula”, diz Maria Teresa Sauer.

foto (5)