As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

R – Ranking novo da Forbes

Paula Braga

17 Setembro 2015 | 19h57

O novo ranking da Forbes dos MBA foi divulgado nesta última semana e houve algumas mudanças significativas.

 

O critério para o ranking da Forbes é bastante simples: retorno no investimento (ROI). Ou seja, se você tem dúvidas sobre se fazer um MBA fora do país vale a pena, esse é o ranking para se analisar com mais carinho.

 

A conta leva em consideração o custo de oportunidade do aluno (quanto ele deixa de ganhar de salario enquanto estiver estudando), o custo dos estudos mais despesas para se manter fora do país, assim como o salario cinco anos após o MBA. Por esse, critério, um MBA de um ano em geral leva vantagem por apresentar somente metade da perda do salario assim como metade do custo de ensino. Não por acaso, INSEAD configura como o número um da lista.

 

Abaixo um resumo das principais movimentações:

 

Quem se deu bem:

Yale subiu 7 posições e está a uma escola de poder se auto-proclamar como Top 10. Feito, este, obtido por Berkeley, que subiu 6 posições e consta agora como oitava da lista. Isso, além de ser na California.

 

Quem se deu mal:

Booth e Wharton, anteriormente 2a e 4a do ranking, respectivamente, deixaram o top 5 e configuram agora na 6a e 7a posição. Ou seja, continuam em posições de destaque, mas deve sempre é um baque no ego.

 

Quem continua no Olimpo:

Stanford, pelo segundo ano consecutivo, consta como o MBA de dois anos com melhor retorno sobre o investimento. Além de ser na California.

 

Para acessar o ranking completo, entre no link abaixo e se divirta: http://www.forbes.com/business-schools/list/#tab:rank

 

Lembrando que, mais importante do que rankings, o que tornará sua experiência única e valiosa é seu fit com a cultura da escola. E, obvio, que ser na California sempre ajuda.

Mais conteúdo sobre:

BoothForbesMBArankingStanfordYale