As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

R – Ranking da Businessweek

Claudia Gonçalves

29 Novembro 2012 | 21h06

 

Um dos rankings mais famosos para MBA’s americanos – o da Businessweek – publicou recentemente sua nova lista bienal. Embora os três primeiros colocados tenham se mantido inalterados, algumas escolas pularam muitas posições para cima ou para baixo. Além de avaliar as escolas americanas, a Businessweek publicou um outro figurando as escolas fora dos Estados Unidos – especialmente Europa e Canadá.

 

O ranking da Businessweek foca bastante no grau de satisfação e se parece bastante com uma pesquisa de “consumidor”. Além da satisfação dos alunos e das empresas que recrutam estes alunos, também se considera a qualidade dos professores – o capital intelectual.


 

Uma outra pesquisa da Businesweek sobre a metodologia de ensino nas principais escolas mostra como é o estilo se considerarmos o método de estudo de caso; aula expositiva; trabalho em grupo; e aprendizado baseado em contextos reais.

 

Cruzando um pouco estes dados, algumas coisas interessantes surgem. Primeiramente, as escolas com maior índice de satisfação dos alunos são as que têm um maior equilíbrio entre método de estudo de caso e aula expositiva. Trabalhos em grupo e aprendizado baseado em contextos reais compõem no máximo 25% na composição metodológica das escolas, mesmo nas escolas que tradicionalmente enfatizam a prática e envolvimento em grupo.

 

Mas o que estes dados mostram é que essas dimensões todas diferem muito e que você realmente tem que pensar no que busca em uma escola para acertar na escolha. Qual ambiente o estimula mais a dar o melhor de si e em que tipo de contexto você aprenderá mais. Se por um lado o ranking pode lhe dar alguns subsídios para entender melhor a escola, ele por si só não é suficiente para definir suas escolhas.

 

 

The 2012 Bloomberg BusinessWeek Ranking of Full-Time MBA Programs in the U.S.

2012 Rank & Escola Index Score 2010 Rank Rank de satisfação do aluno Rank de satisfação do empregador  Rank de Capital Intelectual
  1. Booth 100.0 1 11 1 5
  2. Harvard 97.5 2 12 3 9
  3. Wharton 96.5 3 16 2 7
  4. Stanford 95.1 5 8 5 11
  5. Northwestern 93.7 4 13 4 24
  6. Duke (Fuqua) 93.0 6 22 7 1
  7. Cornell 93.0 13 2 12 2
  8. Michigan 92.0 7 14 6 12
  9. MIT Sloan 90.2 10 9 10 15
10. Virginia 89.4 11 5 9 32
11. Carnegie 87.9 15 3 17 23
12. Tuck 87.7 14 4 11 20
13. Haas 87.6 8 10 13 3
14. Columbia 87.5 9 20 8 19
15. Indiana 86.6 19 1 20 46
16. Stern 85.1 18 7 16 16
17. Kenan-Flagler 80.1 16 18 14 25
18. UCLA 78.9 17 21 19 6
19. McCombs 78.5 25 28 15 4
20. Notre Dame 76.6 24 17 18 37
21. Yale 74.6 21 19 27 17
22. Emory 72.9 22 29 23 22
23. Georgia Tech 72.1 23 23 34 18
24. Maryland 71.3 42 6 44 13
25. Vanderbilt 69.7 37 24 31 35

Source: Bloomberg BusinessWeek

 

Non _US Ranking

2012 Rank & School Index Score 2010 Rank Rank de satisfação do aluno Rank de satisfação do empregador Rank de Capital Intelectual
  1. London 100.0 5 4 2 2
  2. INSEAD 99.6 1 5 1 3
  3. IE Business 91.3 3 1 12 18
  4. Queen’s 90.3 2 3 5 11
  5. Oxford (Said) 90.3 16 8 7 6
  6. ESADE 78.0 4 10 6 16
  7. Ivey 77.1 6 9 8 14
  8. IESE 76.1 12 6 11 5
  9. IMD 75.6 7 2 14 17
10. McGill 72.7 11 15 3 8
11. Rotman 62.8 8 19 4 1
12. Mannheim 61.1 NR 12 10 15
13. Imperial 60.7 NR 7 16 13
14. Schulich 59.9 9 17 9 7
15. HEC-Paris 55.2 14 13 13 9
16. SDA Bocconi 43.6 18 16 15 12
17. Erasmus 42.4 NR 11 18 10
18. HKUST 33.2 NR 14 19 4
19. Manchester 39.4 17 18 17 19

Source: Bloomberg BusinessWeek

 

Como as Escolas de negócios mais renomadas no mundo ministram seus  MBAs

 

Escola Estudo de Caso Aula Projeto em Grupo Aprendizado baseado em experiências reais
Harvard Business School 80% —– 10% 5%
Western Ontario (Ivey) 75% 10% —- 5%
Virginia (Darden) 74% —– 6% 10%
IESE Business School 70% 10% 10%
UC-Berkeley (Haas) 50% 20% —- 17%
UNC (Kenan-Flagler) 50% 20% —– 15%
Dartmouth (Tuck) 45% 23% 20% —-
Stanford GSB 40% 20% —- 15%
Pennsylvania (Wharton) 40% 20% 25% —-
Columbia 40% 38% 15% —-
Yale 40% 34% —- 10%
Georgia Tech 40% 25% 25% —-
IE Business School 40% 20% 20% —-
Indiana (Kelley) 35% 25% 20% —-
Texas-Austin (McCombs) 35% 35% —- 15%
MIT (Sloan) 33% 25% —- 20%
Duke (Fuqua) 33% 33% 24% —-
Northwestern (Kellogg) 30% 30% 25% —-
London Business School 30% 30% —- 15%
INSEAD 30% 30% 20% —-
Cornell (Johnson) 30% 30% 20% —-
UCLA (Anderson) 30% 40% 15% —-
Vanderbilt (Owen) 30% 40% —- 30%
SMU (Cox) 30% 25% 25% —-
ESADE 30% 30% —– —-
New York (Stern) 25% 25% 25% —-
Michigan (Ross) 25% 20% —- 15%
Notre Dame (Mendoza) 25% 27% 22% —-
Emory (Goizueta) 25% 30% —- 20%
Maryland (Smith) 25% 25% —- 20%
Georgetown (McDonough) 25% 30% 25% —-
Oxford (Said) 25% 40% 25% —-
Carnegie Mellon (Tepper) 20% 50% 10% —-
USC (Marshall) 20% 48% 25% —-

Source: Business schools reporting to Bloomberg Businessweek